Sobre a FAGV

Os primeiros passos para a implantação de uma Faculdade de Administração em Governador Valadares foram dados em 15 de abril de 1970 com a criação da Sociedade Civil “Mater Et Magistra”, formada pelo Instituto Imaculada Conceição e Colégio Ibituruna. Instituições representadas pelos seus diretores Irmã Clara e Padre Teodoro Arraiz Antônio, apoiados por um grupo de pessoas interessadas da cidade, integrado por Ary de Oliveira Rocha, Frei Agostinho, João Bosco Murta Lage, Március Mário Murta, Reinaldo Lopes, Geraldo Viana Cruz, Antenor Perim e José Godinho Neto.

Concluiu-se através de várias reuniões, após minuciosos e exaustivos estudos a necessidade de implantação de uma faculdade de administração de empresas, face a demanda de pessoal especializado nessa área, vindo a preencher, desta forma, uma lacuna na oferta regional de profissionais de nível superior.

A Sociedade Civil “Mater Et Magistra” partiu para a implantação da FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO, oficialmente criada em 23 de setembro de 1971, tendo inicialmente assumido a sua direção os professores Március Mário Murta e Reinaldo Lopes; e funcionando sob a sigla FAE – Faculdade de Administração de Empresas, nas dependências do Colégio Ibituruna, cedidas gratuitamente pela sua direção. A primeira reunião da Congregação aconteceu em 23 de fevereiro de 1975, ocasião em que foi escolhido o Professor José Godinho Neto como Diretor da Faculdade de Administração, ficando o Professor Március Mário Murta como Vice-diretor e a Professora Zélia Nunes de Brito como Secretária. Cumprida todas as exigências legais, a FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO DE GOVERNADOR VALADARES é autorizada pelo Decreto Federal n° 75.513, de 19 de março de 1975, assinado pelo então Presidente da República, Ernesto Geisel e pelo Ministro da Educação, Ney Braga. Os ex-deputados federais Manoel de Almeida e Luís Couto muito contribuíram no processo de autorização e reconhecimento da faculdade.

O primeiro vestibular foi em abril do mesmo ano da autorização para preenchimento das primeiras 120 vagas do curso, onde pela primeira vez em Governador Valadares foi utilizado o critério de gabarito, nos moldes das melhores e mais avançadas universidades do país. Inscreveram-se para o vestibular 280 candidatos, na sua totalidade residentes no município, em virtude da pequena divulgação em níveis regionais e estadual. Os resultados foram divulgados pela imprensa imediatamente após a realização da provas, também um fato inédito na época. As primeiras aulas tiveram início no dia 05 de abril de 1975, com um quadro de docentes de alto padrão naquela conjuntura, onde cinco professores eram mestrados e os demais possuindo cursos de extensão e especialização.

Entre os primeiros professores se encontravam Ivanor de Tassis, Zélia Brito, Siva Santos Monteiro de Castro, Carlos Antônio F. Ferreira, José Bonifácio Mourão, Francisco K. Shimabukuro, Oicilef Guerra e Carlos Alberto Almeida. O alto padrão do ensino ministrado era responsável por uma freqüência de alunos às aulas de 90% e pelo alto aproveitamento nas disciplinas cursadas.


Missão, Visão e Valores

Negócio: Produzir conhecimento na área de Gestão de Negócios.

Missão: Integrar o processo de conhecimento e gestão contribuindo, permanentemente, para o fortalecimento dos pilares do desenvolvimento sustentável.

Visão: Manter a liderança regional na produção do conhecimento e aprendizado em Gestão de Negócios.

Valores Organizacionais: Empreendedorismo, Inovação, Competitividade, Inteligência e Humanização.

...
...
...
...
...